II Encontro Futebol de Rua_destaque
10 de novembro de 2015 | Notícias

Integração e participação: polos de São Paulo participam do II Encontro de Futebol de Rua

O evento encerra importante ciclo de formação, ampliação e consolidação dos polos de futebol de rua na cidade

No último sábado (07/11), ocorreu o II Encontro de Futebol de Rua no CEU Jd. Paulistano, que, pela primeira vez, contou com uma dinâmica diferente – estiveram presentes os dez polos de futebol de rua que se espalham pela cidade de São Paulo.

Durante o evento, os participantes puderam conferir a exposição Quebrada em movimento, que proporcionou aos jovens envolvidos/as a dimensão da proposta e do processo formativo que os mediadores/as dos polos tiveram durante esse ano.

Juntando os polos novos e os que praticam a metodologia desde o Mundial de Futebol de Rua e a Copa América, o festival de futebol foi disputado e dinâmico, revelando avanços e consolidações. “A mudança mais impactante é a autonomia dos mediadores para conduzir os jogos. Eu sempre ficava por perto para auxiliar na mediação. Hoje a maioria consegue estabelecer um diálogo entre as equipes. Mas há outras mudanças que nos permitem refletir sobre esse processo de idealização da metodologia dentro dos polos. A participação das meninas nas equipes sub 18 aumentou e no sub 12 todas as equipes foram mistas”, destaca o educador Vandrigo Lugarezi.

Entre os ganhadores dos campeonatos, estavam apenas polos que conheceram a metodologia recentemente. Vandrigo aponta a necessidade de empoderamento e segurança por parte dos mediadores e mediadoras em relação à metodologia e afirma que os novos polos (CEU Butantã e CEU Jd. Paulistano, por exemplo), por terem o acompanhamento dos coordenadores dos centros, conseguem se aprofundar nas informações sobre a metodologia, a mediação e sobre outros campeonatos.

“Esse equilíbrio que eu tanto ressalto que um time de futebol de rua precisa ter para conquistar títulos, também precisa ser buscado pelos mediadores para estimular a resolução dos conflitos que surgem e não tornar a mediação cansativa, ao ponto de uma equipe preferir desistir do diálogo porque não consegue se posicionar”, opina.

De acordo com o mediador Marcos Vinicius, da Escola Romeu Montoro, o encontro proporcionou mais uma chance de aprender e também de passar informações sobre o trabalho da mediação “mostrando que nossa metodologia é inovadora”.

A Escola Romeu Montoro foi uma das ganhadoras do festival. “Ver o Romeu ser campeão foi muito bacana, ver que a partir do que eu ensinei e da minha mediação eles mostraram que estão bastante afiados no 3º tempo, fiquei muito agradecido. Principalmente porque eles foram comemorar comigo, é uma coisa sem explicação, estou muito feliz de ver meu polo sendo campeão”, contou Vinicius. Veja os polos ganhadores do festival:

Copa Ação: CEU Butantã
Festival sub 12: CEU Jd. Paulistano
Festival sub 18: Escola Romeu Monturo

O festival de futebol de rua faz parte do projeto Rede Paulista de Futebol de Rua, do edital Juventude Viva, da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania. Durante o evento, o Secretário de Direitos Humanos da cidade de São Paulo, Eduardo Suplicy, esteve presente para prestigiar os jovens.

Fotos: Mell Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que é?

Na intenção de expandir a metodologia do Fútbol Callejero, surge a Rede Paulista de Futebol de Rua, um espaço coletivo dirigido por jovens lideranças

Participe

Agência de Notícias dos Polos

Confira as novidades e a programação dos polos, narradas pelos jovens mediadores.

Em breve

Participe da Rede com seu Polo!

Gostou da metodologia do futebol de rua? Quer fazer parte da Rede Paulista? Escreva e conte sua experiência

Cadastre-se
×